CURVA TENSIONAL DIÁRIA

Curva Tensional Diária é o exame que mede a pressão intra-ocular em horários distintos ao longo do dia. Para realizá-lo, o paciente é examinado durante várias vezes por dia com a utilização de um equipamento denominado Tonômetro de Aplanação e usando colírio anestésico. Este exame é indicado para diagnóstico e acompanhamento do Glaucoma, e tem a finalidade de avaliar as variações da pressão ocular no decorrer do dia. Geralmente são feitas de 3 a 4 medições, distribuídas entre as 8 e 18 horas, não sendo necessária a dilatação das pupilas.

Para que serve

O exame serve para observar a variação da pressão ocular durante o dia. A pressão pode ser alterada por condições de sono e luminosidade, entre outros. O exame auxilia no diagnóstico de alguns tipos de Glaucoma, além de permitir monitorar o controle da pressão com medicamentos em casos de portadores de Glaucoma.

Como é feito

Tonômetro é usado para fazer diversas medidas em horários diferentes (mini curva tensional) de um só dia. O médico posiciona um pequeno aparelho chamado Tonômetro diretamente no globo ocular do paciente. O aparelho é encostado no olho para medir a pressão ocular.

Preparo

É necessário colocar um colírio anestésico contendo fluoresceína (corante amarelo), alguns minutos antes de cada medição feita com o Tonômetro.

Valores de Referência

Considera-se como valores de referência para normalidade a medida da tonometria entre 10 mmHg e 20/22 mmHg.

* Marque uma consulta (27) 3763-2225 ou 99686-2225 e avalie seu caso clínico.